Ano I - edição de lançamento, Julho de 2006
Alameda Digital
Timor-Leste
TEMA DE FUNDO
O Estado a que chegou a Educação

Pilar essencial de qualquer Nação que se preze de continuar a sê-lo, a Educação é o tema central desta edição da Alameda Digital. Hoje carregada de facilitismo, pressionada entre programas lectivos de duvidoso rigor e uma forte ofensiva laicista que afasta os mais novos de valores firmes, observamo-la de vários ângulos: do ensino básico ao universitário, da insegurança que tomou conta das nossas escolas às trapalhadas a que vai sendo permanentemente sujeita, dos experimentalismos de uma alegada vertente de planeamento familiar às perdas a que tal estado de coisas sujeita, anos depois, uma economia que se pretende preparada e competitiva. Propomos-lhe que nos acompanhe numa visão abrangente de um sistema de ensino que persiste em assumir-se ineficaz. LER TUDO

Apoie a Alameda Digital,  Espaço de Liberdade
Correspondentes

[Madrid]

Visto de Madrid
por JLLencastre

[Grã-Bretanha]

Crónicas de um lusitano interior na Álbion
por Rafael Castela Santos

[Buenos Aires]

Trapalhadas Sul-americanas
por Marcos Pinho de Escobar

Divagações, por José Lúcio
Opinião

A Encruzilhada da Universidade Europeia
por Jorge Azevedo Correia

Ecos da Blogosfera
Voluntariado

Calcutá: Miséria Sorridente
por Joana Ludovice de Andrade

O tiranossáurio excelentíssimo

Enquanto a sangria desenfreada continua nas terras bíblicas, para o lado das Caraíbas, o Fidel tiranossáurio sangra dos intestinos. Devido ao stress, dizem...
A 15 dias de completar oitenta Invernos, o mitificado Stalin de Havana condescendeu em transferir o poder para o seu irmão Raul. Na sua primeira declaração pública este velho hardliner recentrou a questão da liderança afirmando: o único herdeiro digno de Fidel é o próprio Partido Comunista de Cuba, (...) LER TUDO

Zhakar Israel!

Morto um qualquer caudilho do Hamas ou do Hezbollah, outro surgirá mais fanático e mais sedento de martírio e de vingança. Procurar responder ao problema sem encarar uma solução global, participada e sustentada por instâncias internacionais de forma firme e permanente apenas irá contribuir para o aumento da escalada a médio prazo. Qualquer imprudente aventura belicista, tão do agrado do complexo industrial de guerra americano (e judaico), apenas servirá objectivamente a interesses particulares, alguns deles bem pouco dignos. (...) LER TUDO

A Família está em crise

Em torno do tema da família muito tem sido dito. A razão pela qual se fala tanta, muito mais do que noutros tempos, não é só porque agora se descobriu a importância da família na vida das pessoas e das sociedades, mas porque ela entrou em crise. Antigamente, a família pertencia às coisas naturais que envolviam a vida da pessoa (...) LER TUDO

70 anos de mitos

A Guerra como situação de excepção arrasta sempre ódios, ignomínias e horrores. Condição anormal, faz vir ao de cima o melhor e o pior do Homem. A Guerra Civil de Espanha (GCE) não foi excepção e em ambos os lados se cometeram atropelos e atitudes que envergonham não só quem os praticou mas toda a Humanidade. (...) LER TUDO

A ribalta das sombras

Há muito que sobre a maioria das sociedades ocidentais se vem exercendo uma diáfana pressão intelectual, dominada por uma abstrusa convergência de esquerdismo sem fronteiras e liberalismo niilista. A super-estrutura cultural é hoje maioritariamente controlada por forças anacionais, ou mesmo anti-nacionais. (...) LER TUDO

Proemio

Uma revista que se lança a disputar fatias da atenção dos cibernautas deve trazer consigo, logo à partida, a forte marca que a assinale como produto consumível ou rejeitável, de preferência um rótulo pronto a ser digerido sem esforço. Na falta de uma sigla autocolante que possamos afixar para comodidade e economia de tempo do leitor, aquilo que lhe pomos à disposição é um resumo dos pontos de vista com que tencionamos contribuir para a crítica da cultura contemporânea.

Se quisermos caracterizar a cultura do nosso tempo, encontraremos nas declarações das figuras públicas um indício dos valores propostos à admiração geral: a diversidade, a aceitação do outro, o são convívio entre diferentes tradições, o universalismo, o pacífico intercâmbio de experiências. Na boca de políticos, diplomatas e negociantes, tanta afabilidade, tanta abrangência, tão boa disposição, não são de admirar. LER TUDO

 
O Convidado - Doutor Manuel Patrício
João César das Neves
Eugénio Ramos
J. Luís Andrade
Pedro Guedes da Silva
Sumário

As Trapalhadas da Educação - A Paixão transformada em Pesadelo
A Insegurança nas nossas escolas
A História e a Perenidade da Pátria
Divagações acerca do livro de Nuno Crato “O eduquês em discurso directo – Uma crítica da Pedagogia Romântica e Construtivista”
Um ano a falar de Educação Sexual nas escolas portuguesas
Impacto económico das nossas insuficiências educativas
A Encruzilhada da Universidade Europeia
O totalitarismo laicista e a liberdade de aprender e ensinar

Uma Questão de Perspectiva: Portugal no limiar do Século XXI - Algumas notas sociais e políticas

Zhakar Israel!
Timor-Leste: Técnicas de Golpe de Estado
70 anos de Mitos
CPE - Consequências de uma derrota política em França
O tiranossáurio excelentíssimo

A Família está em Crise
Inter-Rail

A Ribalta das Sombras
Reflexões sobre o Imagine

Valência: Papa defende a Família
Calcutá: Miséria Sorridente

Ficha Técnica Publicidade Contactos Apoie-nos
Nacional Internacional Sociedade Cultura Religião Dossier Educação