Ano I - Nº 1, Setembro de 2006
Alameda Digital
A intervenção de Bento XVI em Regensburg
TEMA DE FUNDO
Portugal e os Portugueses no Mundo

Quando no Séc. XV os portugueses rumaram a sul dando novos mundos ao mundo, terão alterado para sempre o desempenho de Portugal no quadro das relações internacionais. Aspecto central da nossa realpolitik, qual é o papel de Portugal no mundo neste início do século XXI? De que modo poderemos usar uma influência natural que decorre da História? Esgota-se a nossa capacidade de actuação nos Conselhos de Ministros europeus e nas acções militares da NATO ou mantemos alguma capacidade para supreender? Estaremos  à altura do que podemos fazer? E sobra vontade? Se é certo que não faltam as perguntas, já será mais difícil dar respostas. Deitámos mãos à obra e fomos tentar saber qual é o “estado da Missão”. O resultado está nas páginas que seguem. LER TUDO

Apoie a Alameda Digital,  Espaço de Liberdade
Correspondentes

[Madrid]

Visto de Madrid
por JLLencastre

[Grã-Bretanha]

Crónicas de um lusitano interior na Álbion
por Rafael Castela Santos

[Estados Unidos]

Quando o Sonho se torna Realidade
por João Ribeiro Lima

Pedro Guedes da Silva
"Paiva Couceiro, Um Herói Português", por Abel Morais
Opinião

Cinema Nacional de Dimensão Universal
por João Marchante

Ecos da Blogosfera
Consulte a edição de lançamento
Avante, camaradas!

Durante muito tempo, a sempre deficitária Câmara Municipal de Lisboa, subsidiou, com centenas de milhares de euros, todos os anos, uma festa partidária – a festa do Avante, órgão Central do Partido Comunista Português. Nunca tem dinheiro para nada mas para o PCP sempre se arranja qualquer coisita. Para além da iníqua questão, que ofende a essência da gestão da coisa pública, (...) LER TUDO

Estórias com História - Imigrantes em Lisboa

Entre os turistas da Baixa, as tradições do Castelo e a história da Muralha Fernandina (o que resta dela), ficam os prazeres proibidos do Intendente e a mescla de povos e cheiros do Martim Moniz. Dois cancros urbanos, quer pelo caos arquitectónico quer pela falta de segurança. Espaços obscuros de contrastes, linguagens e costumes longínquos. (...) LER TUDO

O caso Gunter Grass

O caso Gunter Grass é mais interessante pelos comentários que levantou do que pela revelação de um ponto sombrio na carreira do intelectual tido até aqui por impoluto. Um escritor rico e famoso, coroado com todos os louros que poderia ambicionar, traduzido e lido em dezenas de línguas, chega ao fim da sua carreira (...) LER TUDO

O iluminado da Moncloa

Setenta anos certinhos depois do alzamiento que dá início à guerra civil de Espanha, impressiona o tremendo êxito editorial no país vizinho de autores como Pío Moa ou César Vidal. Com efeito, na área de livraria de qualquer El Corte Inglés, vendem-se às pilhas os livros de Moa - milhares de páginas de rigor histórico e escrita acessível capazes de fazer tombar os muitos mitos levantados no pós-transição, tudinho para irritação de um "jornalismo de causas" que vem apelando insistentemente à censura a estes autores (...) LER TUDO

Sin novedad en el Alcázar, mi general - A Epopeia de Toledo

A 27 de Setembro passado, comemoraram-se 70 anos sobre a libertação do Alcácer de Toledo depois de um trágico e épico cerco de inumana resistência. Coincidência ou não o Instituto Cervantes, órgão da representação diplomática espanhola em Portugal resolveu fazer-se instrumento de uma iniciativa ibérica partidária. Com uma procaz desfaçatez apresenta como promotores de uma intitulada exposição A guerra civil espanhola e os correspondentes de guerra, as insuspeitas Fundações Pablo Iglésias e Mário Soares, (...) LER TUDO

Editorial

“Portugal no Mundo” é um tema caro às várias famílias espirituais que povoam a terra lusa. Cada qual terá o seu entendimento quanto aos caminhos que Portugal deve trilhar para fazer a sua afirmação no seio das nações, mas a unanimidade forma-se quando toca a definir, ambiciosamente, a influência que somos chamados a exercer no concerto dos povos.

Aqueles que se prezam de pensar com realismo acreditam que, mesmo actuando dentro das mais terrenas ambições, Portugal pode sobressair no meio dos outros, fazer-se notado, ser admitido nos círculos mais selectos e pertencer ao grupo dos que verdadeiramente são ouvidos. Os que vivem submersos na política pensam que o país se engrandecerá na exacta proporção das missões internacionais em que tome parte. Os analistas com pretensões de sociólogos acreditam que [...] LER TUDO

 
Entrevista - Anacoreta Correia
Manuel Cardoso Ferreira
Jorge Rangel
Miguel Castelo Branco
Eugénio Ramos
João Loureiro
J. Luís Andrade
Sumário

Centro Histórico de Macau - Património da Humanidade
Entrevista com Miguel Anacoreta Correia
O marketing da Nação
Património e Memória - Facetas Relevantes de Portugal no Mundo
Os Portugueses e o Oriente: grandeza e incúria
Uma língua com futuro?
Portugueses na Grã-Bretanha nestes tempos de ferro
Cooperação técnico-militar portuguesa, fundamentalismo islâmico… e os homems do passo trocado

Ora agora legislas tu...
Avante, camaradas!

11 de Setembro - declínio do modelo ocidental?
A nova face do terrorismo
Roma e o Choque das Três Civilizações
O drama dos tempos modernos

Estórias com História - Imigrantes em Lisboa

Cinema Nacional de Dimensão Universal
O caso Gunter Grass
Um “herói português”, segundo Pulido Valente
O iluminado da Moncloa

Sin novedad en el Alcázar, mi general - A Epopeia de Toledo

Ficha Técnica Publicidade Contactos Apoie-nos
Nacional Internacional Sociedade Cultura História Dossier Portugal no mundo