Ano II - Nº 10, Novembro/Dezembro de 2007
Alameda Digital
Tradição e Modernidade
Suspense
[por João Marchante]

Alfred Hitchcock nasce, em Londres, em 1889. Sendo, pois, um homem do século XIX, revela, no entanto, um extraordinário sentido de utilização dos modernos meios de marketing e publicidade (antecipando-os), para divulgar as suas obras. Cedo irá transformar em marca o seu nome, tornando-o reconhecível e apetecível para toda a comunidade mundial de cinéfilos e, mesmo, para os grandes e despersonalizados públicos generalistas. Revela-se, ainda, e dentro desta estratégia de comunicação global, um especialista nas relações públicas: especialmente com a imprensa, com o objectivo (...) LER TUDO

José Antonio, Entre Ódio e Amor
[por F Santos]

“José Antonio: entre odio y amor” de Arnaud Imatz, lançado em Novembro do passado ano, é um livro que fica para a história das biografias de José Antonio Primo de Rivera. Partindo de uma abordagem que pretende ultrapassar os preconceitos morais da esquerda e da direita, isto é, como diz o subtítulo da obra, narrar «a sua história, tal como ela foi», Imatz traz-nos um gordo volume de 616 páginas, em que apenas 248 constituem a biografia propriamente dita. Há um capítulo de mais de 130 páginas intitulado “Pensar el Nacionalsindicalismo”, (...) LER TUDO

Crónica da Falange de Madrid
[por Pedro Guedes da Silva]

Madrid, 1931. Na cidade que em pouco ultrapassava o milhão de habitantes contavam-se menos de 60 mil automóveis e os eléctricos enchiam as ruas vestindo-se de um amarelo muito característico. Por essa altura, a quantidade de anúncios luminosos e a animada vida social já captavam a atenção dos visitantes, mas a célebre Gran Via ainda estava incompleta: estranhamente ou não, havia terreno livre entre as famosas praças de Callao e de Espanha. É esta cidade em que logo se sentiram as incapacidades da República que constitui o ponto de partida para “El Madrid de la Falange”, (...) LER TUDO

Requiem por José Antonio Primo de rivera
[por J. Luis Andrade]

José Antonio Primo de Rivera y Sáenz de Heredia (1903-1936), filho do ditador Gen. Miguel Primo de Rivera, era um advogado madrileno que, associado a outros jovens, inconformados com a permanente oposição entre as forças de esquerda e de direita, tentou um caminho, dito de terceira via, que satisfizesse por um lado, a ânsia de Pão e Justiça Social do povo espanhol e, por outro, garantisse a Autoridade necessária à manutenção da Paz e da Unidade de Espanha. Em 1933 era formalmente apresentada no Teatro de la Comedia, em Madrid, a Falange Española. Como oradores (...) LER TUDO

Uma mensagem enxertada na história
[por Rui Corrêa d’Oliveira]

«…virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz.»
Estas palavras de Nossa Senhora na aparição de 13 de Julho constituem o que se costuma designar como a 2ª Parte do Segredo de Fátima. (...) LER TUDO

Quem é Cottinelli Telmo?
[por Miguel Vaz]

Encontramo-lo quando passeamos por Belém, quando assistimos à Canção de Lisboa. Deparamo-nos com ele na estação de Campolide, na prisão de Alijó, na cidade universitária de Coimbra. Só para dar uns exemplos.
Mas afinal, quem é ele?
José Ângelo Cottinelli Telmo nasceu a 13 de Novembro de 1897. Foi arquitecto, cineasta, bailarino, autor de banda desenhada, fotógrafo, ilustrador e músico. Foi num fundo um artista, no mais estrito sentido da palavra. (...) LER TUDO

Tradición y modernismo en la Iglesia
A ofensiva anti-tradição
Acabemos de vez com este tradicionalismo
Algumas consequências da modernidade: por que razão já não há «interacção homem-máquina», nem «casais com filhos»
Não ser do mundo
Tradição e Modernidade
A Modernidade e os seus Críticos
Tradição e Tradições – Conservar ou Fundamentar?
Sobre a obra de Pitirim Sorokin

Dalai Lama em Portugal
Confusão surpreedente e homologação inaceitável……
“Foi Assim” por Zita Seabra - Comentário
O Bispo Januário deu uma entrevista

A síndroma da ofensiva de Tet na segunda guerra do Iraque
LAG 08
Lixado Pá!
União Europeia - Tratado de Lisboa
Cimeira UE/China
E depois da Globalização?

Suspense
José Antonio, Entre Ódio e Amor
Crónica da Falange de Madrid
Requiem por José Antonio Primo de rivera
Uma mensagem enxertada na história
Quem é Cottinelli Telmo?
Publicação: Ao Gosto do Gosto

O ataque à igreja
Olivença Espezinhada
A Restauração revisitada
Sombras da História
O Massacre dos Inocentes

Editorial
Ecos da blogosfera
Capa

Nacional Internacional Cultura História Tradição e Modernidade Ficha Técnica Publicidade Contactos Apoie-nos